Utilizador Discussão:ValJor/2006/11

Discussões ativas


DISCUSSÃO DE NOVEMBRO DE 2006Editar

Pedidos de eliminaçãoEditar

Caro Valdir,
Sim, você pode eliminar a Categoria:Dicionário Fraseológico Português-Inglês - PIDF, já que ela foi substituída pelo artigo Dicionário Fraseológico Português-Inglês - PIDF;
Solicito as eliminações, por você ou outro colega, de três artigos com ligações na categoria acima mencionada, a saber, A pidf, C pidf e S pidf, uma vez que esses artigos já foram substituídos por artigos mais completos e de nomes longos (“Dicionário Fraseológico Português-Inglês – A – 001” etc), conforme pode-se constatar no mencionado artigo atualmente em uso, de nome Dicionário Fraseológico Português-Inglês - PIDF;
Solicito as eliminações dos artigos abaixo relacionados, todos já substituídos por artigos maiores com nomes longos, conforme se vê no artigo [[Dicionário Fraseológico Inglês-Português - IPDF]]. Portanto, eliminar: A ipdf, B ipdf, C ipdf, G ipdf, M ipdf e S ipdf.
Solicito as eliminações dos artigos abaixo relacionados, todos já substituídos por artigos maiores com nomes longos, conforme se vê no artigo [[Glossário Inglês-Português - IPG]]. Portanto, eliminar: a IPG e d IPG,;
Quanto a “Adis Abeba”, já fiz todas as correções nas páginas que você indicou, e aproveitei para atualizar um pouco a uniformização redacional dessas páginas. Mais uma vez, parabenizo-o pelo esforço, pela competência e dedicação que tem dedicado ao Wikcionário. Muitíssimo obrigado pela sua atenção. Waltter Manoel da Silva 19:32, 1 Novembro 2006 (UTC)

localizaEditar

Oi Valdir! Pra eu não esquecer, tou saindo agora, não sei se viu mas o Usuário:Paulofabbio criou localiza, a página é sobre a locadora de carros e outros, p.f. notifique o usuário e elimine a pagina eu já botei pra ER. Obrigado, Łυαη fala! 02:14, 2 Novembro 2006 (UTC)

Cat-mãeEditar

Valdir, eu vou começar a criar a página da votação. Não seria melhor vermos outras coisas para botar na votação pra num ficar votando só isso? Acho que outro tópico seria a exclamação (!) nas categorias do wikcionário, o que acha?
Łυαη fala! 14:20, 2 Novembro 2006 (UTC)

Terminei! Wikcionário:Votações/Categorias, o que acha?
Łυαη fala! 02:42, 3 Novembro 2006 (UTC)
Citação: Você escreveu: «Por mim pode anunciar para votação geral.»
Já fiz a propaganda (¹ e ²). Vou começar a votar agora. — Łυαη fala! 02:50, 3 Novembro 2006 (UTC)

Categorias duplicadasEditar

Quanto lolita, apenas achei a etimologia estranha...
Não poderia ser acrescentado em Wikcionário:Votações/Categorias o problema da categorias duplicadas?
Categoria:Zoologia versus Categoria:Animal
Categoria:Ictiologia versus Categoria:Peixe
Categoria:Entomologia versus Categoria:Inseto
Categoria:Antepositivo, Categoria:Prefixo e Categoria:Sufixo.
Categoria:Computação versus Categoria:Informática versus Categoria:Ciência da Computação e Informática
O que acha, esqueci disso, mas acho que não é tarde pra se colocar na votação, e não sei como fazer isso..., p.f. me ajude...
Łυαη fala! 01:06, 6 Novembro 2006 (UTC)
Valeu! Vou colocar isso na votação (acho q pode, né?).
Xii... temos mais uma, Categoria:Alimentação versus Categoria:Culinária
Łυαη fala! 16:34, 6 Novembro 2006 (UTC)
Acho que não precisa avisar um a um... Com a movimentação na página e nas Mudanças recentes eles olharam por curiosidade... — Łυαη fala! 17:57, 6 Novembro 2006 (UTC)

Categoria "Alfabeto (Inglês)"Editar

Olá Valdir,
Acho que todo idioma com palavras latinas deve ser sua categoria de alfabeto ("Alfabeto (Português)", Alfabeto (Inglês), Alfabeto (Francês) etc), uma vez que em cada língua a escrita é igual mas a pronúncia é diferente. Entendo que o objetivo final é chegar a categorizar o alfabeto inteiro, e também acrescentar as pronúncias (por escrito e fonadas) de cada verbete, não? Logo, para mim é evidente que a categoria "Alfabeto (Latim)" não satisfaz esse objetivo para qualquer língua; aliás, nem sei pronunciar as letras do alfabeto em latim. Espero que todos concordem. Do contrário, nesse ponto, o Wikcionário ficará incompleto. Waltter Manoel da Silva 18:38, 6 Novembro 2006 (UTC)

Coloque quatro tis (Eduardo Alexandre 16:40, 7 Novembro 2006 (UTC))Editar

Coloque quatro tis (Eduardo Alexandre 16:40, 7 Novembro 2006 (UTC)), como assim, em que 'lugar' eu ponho os tais tis? Obrigado.

Olá!Editar

ValJor, muito obrigado por estar dando continuidade ao projeto Países do Mundo, como vês infelizmente não tenho colaborado por estar sem Internet em casa. Mas logo a situação se normalizará. Muito obrigado!   Salles Neto   @ 14:01, 8 Novembro 2006 (UTC)

Feliz Aniversário!Editar

 
...Aniversário!
 
Feliz...

Feliz aniversário, Valdir!

Meus parabéns, muita paz, saúde, sucesso, felicidade!

 
Não se esqueça de apagar as velinhas!


Um grande abraço! Łυαη fala! 16:54, 8 Novembro 2006 (UTC)

[[Predefinição:User pt-0]]Editar

Oi ValJor, a [[Predefinição:User pt-0]] deveria estar reservada para os usuários que não falam português, como os recém chegados Usuário:VPliousnine e Usuário:Parttimehippy, o texto correto seria o da wikipédia w:Predefinição:User pt-0. Deveríamos mudar, não? Falo contigo porque és o único a usar a atual predefinição, e agora que temos uns "estrangeiros" por aqui seria mais apropriado mudarmos o texto da [[Predefinição:User pt-0]], e também o das suas aparentadas para inglês e espanhol. --Schoenfeld 21:04, 9 Novembro 2006 (UTC)

Apêndice:Falsos cognatosEditar

Olá Valdir!
Precisamos organizar o Apêndice:Falsos cognatos! O Apêndice:Falsos Cognatos/Espanhol tá com uma forma toltalmente diferente do Apêndice:Falsos Cognatos/Falsos Cognatos Incomuns e do Apêndice:Falsos Cognatos/Inglês que também estão com formas diferentes, precisamos adotar um tipo só pra todos. — Łυαη fala! 20:02, 11 Novembro 2006 (UTC)

Era justamente o que eu tava pensando. Adotar o seu modelo (o modelo dos incomuns) no inglês, esse foi um dos motivos de eu não ter começado o espanhol ainda, e dividir o incomum por idiomas. Já que concorda, vou começar a fazer essas alterações a partir de amanhã. Abraços, Łυαη fala! 00:44, 12 Novembro 2006 (UTC)

Terminei! Agora em Falsos Cognatos Incomuns só ficou os idiomas que tem menos de três verbetes na lista. O que fazer? Deixa assim? Cria os outros apêdices? Apaga os incomuns e transfere a lista para Apêndice:Falsos cognatos?
Łυαη fala! 19:53, 12 Novembro 2006 (UTC)

OK. — Łυαη fala! 23:21, 12 Novembro 2006 (UTC)

LocalidadesEditar

Olá, Como colocar no wikcionário uma palavra que no algarve siginifica uma coisa e nos Trás-os-Montes significa outra.

Não achei nenhum exemplo.... Desculpa!

--Nelsonsalvador 11:09, 12 Novembro 2006 (UTC)

BujalogaEditar

Olá Valdir!

Quando eu ia apagar, veio a idéia de transferir o conteúdo de Bujaloga para Wikcionário:Piadas, o que acha?
Łυαη fala! 19:30, 16 Novembro 2006 (UTC)

"Visitei" a ABL virtualEditar

com base nas informações que me forneceu, obrigado. Voltarei mais tarde ou amanhã, pois gostaria de comentar o resultado, por interessar ao nosso trabalho aqui. Até lá. --antoniolac 01:17, 17 Novembro 2006 (UTC)

PedidoEditar

Olá Valdir!
Nos próximos momentos eu irei criar um usuário (Usuário:Box), peço que não dê boas vindas. Será nele que irá ficar as nossas userboxes. Certo?
Łυαη fala! 18:05, 17 Novembro 2006 (UTC)

RE:arteEditar

Olá Valdir!
A parte do "Commedia dell'Arte" foi uma trapalahada minha e quanto à fraseologia por mim tanto faz, mas mesmo assim já reverti essas alterações, valeu por ter me alertado! Łυαη fala! 22:19, 17 Novembro 2006 (UTC)

Modificações em boiEditar

Olá Valdir!

Peço a você que não substitua novamente ===Tradução=== por {{-trans-}} ou {{-trad-}}, pois fazendo isso você irá impedir outros editores a editar somente a seção Tradução. Outra coisa, seguindo o Livro de estilo, se usa os dois pontos (:) na etimologia ao invés de asterisco (*). Certo?

Łυαη fala! 12:04, 18 Novembro 2006 (UTC)

Também não concordo com algumas coisinhas do livro. O problema dessas predefs ({{-trans-}}, {{-substantivo-}}, {{-etimomlogia-}}, {{-pt-}} etc) é que tem os sinais de igual (===) nelas que impede que editamos somente a uma seção e, por exemplo, com {{-etimomlogia-}} em alguns verbetes ela tem que ser de nível 3 e não de nível 2 como a predef. Acho que a melhor solução pra isso seja termos {{etimologia}} e não {{-etimologia-}}. — Łυαη fala! 12:39, 18 Novembro 2006 (UTC)

Ainda sobre a AcademiaEditar

O aqui chamado ABL (eu já conhecia a obra escrita, mas desatualizada) é o VOLP-Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa. Registra todas as palavras da Língua e a dá a sua classificação. Não possui definições. O VOLP é a fonte ideal para sanar dúvidas aqui surgidas quanto à ortografia e existência de palavras em LP. As definiçoes estarão na outra obra - o Dicionário da ABL - impresso também conheço, só de consulta, virtual não se já existe, nem sei localizar. Se você conseguir e puder comunicar-me, desde já agradeço. Haverá também um Dicionário de Antropônimos. A Academia de Ciências de Lisboa possui obras semelhantes, mas não como acessar. Permita-me recorrer a você, obrigado.--antoniolac 16:38, 18 Novembro 2006 (UTC)

Malfeitores e afinsEditar

Os apartes do EustáquioEditar

Malfeitores, quem?Editar

Olá ValJor,

Citação: você escreveu: «Eu bem que gostaria de ter esse poder... Saíria deletando a tonelada de lixo que temos acumulado neste nosso projeto. Infelizmente não posso fazer isso. Outros já tentaram e tiveram que reverter. Os malfeitores que abundam neste projeto sabem bem gritar e reclamar quando assim lhes apetece.»

.

Do mesmo modo que um dia exigiu que eu cobrasse de um colega uma ofensa genérica que o atingiu, agora sou eu que desejo que me esclareça o que quis dizer com essa ofensa acima. Quais são os malfeitores que abundam nesse projeto? EusBarbosa 21:49, 18 Novembro 2006 (UTC)

Bom já vi que essa nossa conversa não vai dar em nada. Apenas quero esclarecê-lo que como você cobrou anteriormente a nomeação dos acusados e ficou tão indignado que me fez cobrar também, não deveria repetir o mesmo comportamento que condenou então: sair fazendo também por sua vez acusações genéricas. Eu, pessoalmente, não me senti atingido, nem antes pelo Voz, nem agora por você. O que quis fazer agora foi apenas chamar sua atenção para um comportamento de dois pesos duas medidas. Mas esquece, deixa pra lá. Vocês não se cansam desse comportamento conflituoso mesmo, fique à vontade, acuse, brigue. Vai ser ótimo, nossos problemas serão todos resolvidos com esse comportamento. Obrigado pela resposta. EusBarbosa 15:40, 19 Novembro 2006 (UTC)

malfeitores, quem? (2)Editar

Citação: você escreveu: «Acho que vai uma diferença, não? Naquela vez um grupo específico de nove pessoas foi insultado em praça pública. Neste caso eu só fiz uma afirmação genérica num foro bem mais restrito.»
Quer dizer que acusar várias pessoas sem nomeá-las, em foro restrito, pode? Só não pode quando é público? Bela noção de ética! Eu por mim prefiro uma acusação pública, que dê nome aos bois e chance ao acusado de se defender.
Citação: você escreveu: « Aquela afirmação era infundada, esta é obviamente verdadeira.»
As nossas "verdades", ValJor, é que são as verdadeiras, as dos outros são sempre infundadas, não é? Como é que pode garantir que o nosso colega não se sentiu ameaçado, naquela época? Como é que pode garantir que sua aleivosia de agora é que é uma verdade verdadeira e óbvia como diz?
Citação: você escreveu: «Ou vai me dizer que você é tão inocente assim que não vê os malfeitores que nos rondam?»

Malfeitores, para mim, são as pessoas que criam e mantém esse clima de mal-estar, ameaças, notificações, bloqueios, essa tentativa canhestra de ditadura de uma minoria ignorante. Isso sim é malfeitoria. O resto são paranóias ou puxa-saquismo de quem não pensa com a própria cabeça e precisa ser guiado. Considero você ainda fora desse grupo, mas já está ficando cada vez mais próximo. Desculpe-me, mas não sei falar o que penso de outra maneira. EusBarbosa 17:45, 19 Novembro 2006 (UTC)

Apartes estapafúrdios do nosso fantocheiro morEditar

criar centenas de verbetes vazios, sem o mínimo de informação'Editar

E depois? Se isto é de malfeitores, quando aqui cheguei havia centenas de verbetes (ou mais de mil) classificados em "apenas tradução" e espero que não esteja a rotular de "malfeitores" esses Senhores que, ao fim ao cabo, fizeram um trabalho que você nunca fez: arrancar com um projecto... Jtlopes

alterar centenas de verbetes, deletando conteúdo válido e não parar, mesmo após ter sido notificado por um administrador;Editar

É vago. Dê um exemplo completo onde isso foi feito e, se for capaz, em que circunstâncias é que as coisas aconteceram. Se o não fizer, o mínimo que o posso adjectivar é de mal-intencionado. Jtlopes

sair propondo centenas de verbetes para ER sem pensar em resolver o problema de maneira mais genéricaEditar

« pensar em resolver o problema de maneira mais genérica » está visto que primeiro tenho que mendigar autorizações aos "novos donos" até para ir mijar. Quando me chamou de malfeitor o seu problema dos ER já estava resolvido e a sua colocação aqui não passa duma sacanice. Jtlopes

desrespeitar um administrador/burocrata que os contactou para pedir que parasse com as modificações insanas que vinha fazendoEditar

Se bem me lembro, o "administrador/burocrata" só pediu para que as modificações antes de serem feitas fossem primeiro discutidas. Com base no bom-senso, sou da opinião de que aqueles verbetes já deviam estar apagados. Jtlopes

copiar descaradamente o conteúdo de obras protegidas por direito autoralEditar

Descarado é forte demais para eu lhe responder sem o ofender, mas pensar, penso. Tenho eu meu poder um dicionário com mais de cem anos onde já consta aquele conteúdo. Jtlopes

fazer os administradores e outros usuários gastarem seu tempo à toa desfazendo as besteiras que eles fazemEditar

Desfazendo as besteiras é vago. Dê um exemplo completo onde isso foi feito e, se for capaz, em que circunstâncias é que as coisas aconteceram. Se o não fizer, o mínimo que o posso adjectivar é de mal-intencionado. Jtlopes

criar dezenas de fantoches não identificados como tal e usá-los para tentar fazer passá-lo como administradorEditar

Onde estão as provas de que isso aconteceu? Mais. Onde estão as provas de que isso aconteceu em qualquer votação? Tenho o meu estilo de viver e de pensar que não é igual ao seu. Se não me respeitar, nunca, jamais, em tempo algum o respeitarei. A frase que se segue é para ser entendida no sentido figurado e não no seu sentido literal:
Quem continuar a fazer afirmações destas a frio, e depois do que já se explicou, só poderá ser filho de pai porque filho de boa gente, não é não.
Jtlopes

Re:Predefinição (Português) x !Predefinição (Português)Editar

Olá Valdir!
Como o uso da ! será adotada nas cats da comunidade, então a cat a ser criada deve ser a !Predefinição (Português). — Łυαη fala! 14:27, 19 Novembro 2006 (UTC)

Esta categorização em que nos metemos...Editar

Olá, Valdir, como estás?
O clima por aqui começa outra vez a aquecer e eu não me dou muito bem com certos tipos de calor, mas enfim...
Quero lertar-te para uma desatenção tua na categorização das palavras quanto à acentuação: segundo as regras da ortografia, todas as palavras terminadas em -r são oxítonas – excepto se tiverem acento gráfico.
Deste modo, todos os infinitivos dos verbos são palavras oxítonas, não é?
Corrigi pelo menos em dois verbos: sovar e tropeçar.
Um abraço. – Cadum 20:22, 19 Novembro 2006 (UTC)

Em tempo: tomei a liberdade de corrigir o teu texto na Predefinição:Proparoxítona Eventual. Espero que tenha sido para melhor. Abraços. – Cadum 20:23, 19 Novembro 2006 (UTC)

RobôsEditar

Olá Valdir!
Eu já tentei ter um robô, mas não deu muito certo pra mim. Aqui tem Wikcionário:Robôs e na Wikipédia tem w:Wikipedia:Bots e w:Wikipedia:Coordenação robótica. Veja também uma resposta do Lugusto para mim sobre robôs [1]. Espero ter ajudado e que consiga ter o seu robô, Łυαη fala! 16:08, 20 Novembro 2006 (UTC)

sobrancelhaEditar

Valdir, pq colocou a cat:Informática (Português) em sobrancelha?
Łυαη fala! 21:55, 21 Novembro 2006 (UTC)

Substituí por cat:Anatomia (pt), se a cat:Informática (pt) estiver certa me avise para eu colocar de volta. — Łυαη fala! 22:32, 21 Novembro 2006 (UTC)

Predefinição:conj.pt.garEditar

Olá, Valdir, tudo bem contigo? Desejo que sim.
Corrigi na Predefinição:conj.pt.gar a dupla grafia que tinhas posto no vocativo. Deves ter consultado um dicionário que tem em simultâneo o afirmativo e o negativo, utilizando os parêntesis para indicar o negativo. Acertei?
Um abração. – Cadum 14:57, 22 Novembro 2006 (UTC)

Categorias ou quebra-cabeças?Editar

Olá, Valdir, desde há pouco tudo bem?
Desculpa estar a incomodar, mas descobri agora, no verbo magoar, que existe também a Categoria:Conjugação Verbo (Português).
Já passei umas dezenas de verbos, a que acrescentei a conjugação. Voltar ao princípio não é agradável. Será que é possível acrescentar na predefinição base (conj.pt, penso eu) a categoria? Afinal todos os verbos que têm conjugação usam aquela predefinição...
Facilitava imenso e não falharia nenhum.
Um abraço. – Cadum 18:48, 22 Novembro 2006 (UTC)


Muito obrigado! – Cadum 19:14, 22 Novembro 2006 (UTC)

posposiçãoEditar

A intenção não era mudar para maiúscula, isso foi acidental. Não achei que tivesse importância porque, de qualquer forma, o artigo fica com maiúscula mesmo. Mas, a partir de agora, prestarei mais atenção a esses detalhes. Valeu pela dica! Panglossa 19:19, 22 Novembro 2006 (UTC)

Re:pãoEditar

Valeu pelo toque, vou consertar a cat. E quanto às "definições começando com maiúscula", é um outro erro do nosso Livro de estilo, no começo até achei bom, mas mudei de opinião, elas vão contra às nossas regras gramaticais, "Todo primeira palavra de uma frase tem que ser com a inicial maiúscula." Mas se quiser alterar isso no verbete fique à vontade, mas eu só irei consertar a categoria. — Łυαη fala! 00:46, 23 Novembro 2006 (UTC)

Escopo em maiúscula?Editar

Valdir, tudo bem? Vi que alterou para maiúscula as palavras no escopo (Figurado, p.e.). Fico baralhado: então não é para começar sempre com minúscula as definições? Qual a razão para o escopo "escapar" a esta regra?
Um abraço! – Cadum 20:13, 23 Novembro 2006 (UTC)

O.k., vou começar também a fazer! Obrigado. Um abraço. – Cadum 21:24, 23 Novembro 2006 (UTC)

Artigos superados do Waltter. Eliminação.Editar

Oi Valdir,
Parabéns pela sua imensa clareza na sua explicação sobre a impropriedade das categorias do estilo Categoria:Alfabeto (Inglês), Categoria:Alfabeto (Latim), cuja forma correta é Categoria:Alfabeto Latino etc. Obrigado pelo esclarecimento, e solicito que você ou alguém mais elimine as categorias erradas nesse particular;
Quanto às categorias abaixo, você pode eliminá-las, uma vez que seus conteúdos já existem em artigos com outros nomes:
Obrigado, Waltter Manoel da Silva 12:58, 24 Novembro 2006 (UTC)

AustráliaEditar

Considero a sua solução pouco "elegante" e a página que me mandou ver muito "chata". Vou colocar a palavra "lia" e esperar pelas vossas soluções... PINTO 21:40, 24 Novembro 2006 (UTC)

Está visto que é mesmo vespeiro!Editar

Viva, Valdir, tudo bem contigo?
Vi as duas divisões silábicas que fizeste em tríduo e fiquei com a sensação de que a discussão que tivemos sobre o assunto não foi esclarecedor para ti.
Discordo daquela divisão porque:

  • Não sei se na restante CPLP é assim – em Portugal pode ser das duas maneiras
  • E no Brasil também há quem diga o mesmo. Vê, por exemplo, este site brasileiro [(Sua Língua)] que explica o assunto melhor do que eu fui capaz
  • O próprio nome que estamos a dar a estes vocábulos (proparoxítona eventual) indica que, eventualmente, a palavra é proparoxítona – portanto terá, eventualmente, uma divisão silábica do dito "ditongo crescente"

Por isso, em Categoria Discussão:Paroxítona (Português)#Proparoxítonas eventuais – Vamos tirar conclusões? eu propunha que fossem aceites as duas divisões silábicas – porque elas co-existem pelo menos em Portugal e no Brasil.
Uma das questões que tu admites é a de os ditongos crescentes se separarem em determinadas ocasiões – para ti, pelo que entendi:

  • ia, por exemplo: separas em se.cre.ta.ri.a e não separas em se.cre.tá.ria
  • ora, segundo as regras ortográficas, os ditongos (quando são verdadeiros ditongos) não são separáveis a não ser por acentuação sobre uma das vogais que o constituem ou por separação das vogais devido à existência de determinadas consoantes à direita – casos de a.il (a.da.il), a.ir (ca.ir), a.inh (ra.i.nha), etc.
  • que eu saiba, um ditongo nunca se desfaz por acentuação gráfica em sílabas anteriores ou posteriores a ele

Portanto, continuo a sugerir que se admitam (e não se corrijam, portanto) qualquer das duas separações silábicas possíveis – mas não indiquemos onde é mais usada ou qual a mais correcta.
Desculpa voltar ao tema, mas parece-me importante fixarmos este assunto antes que seja muito tarde para reverter qualquer coisa que façamos.
Um abração. – Cadum 16:10, 25 Novembro 2006 (UTC)

É, Valdir, o Diabo tem "espírito santo de orelha" (não sei se se usa no Brasil, esta expressão...). Acho que agora não chocará ninguém. Mas eu vou continuar a usar apenas uma divisão e não vou corrigir as que encontrar, o.k.? Um abraço. – Cadum 16:35, 25 Novembro 2006 (UTC)
Ói, Valdir, tive que sair por um tempito... Eu estou a usar a partição trí.du.o.
Mas, como disse, já passei por diversas situações em que a partição está feita de outra maneira e não alterei.
Onde o "espírito santo de orelha" daria muito jeito era na Bolsa, ou no Euromilhões. Mas se calhar o espírito santo não gosta de incréus...
Um abração. – Cadum 18:40, 25 Novembro 2006 (UTC)

| lia | austrália | arrelia | pedofilia | dália | ... |Editar

Porque chamam ao problema um vespeiro?
A solução que está em austrália passou de "deselegante" para "aberrante" enquanto a "confirmação" solicitada não for confirmada
Não consigo entender que "lia" seja um dissílabo nos dois hemisférios.
Pinto 14:07, 27 Novembro 2006 (UTC)

Volto a afirmar o que disse antes: se tiver uma solução melhor, por favor a proponha.Editar

Acabe-se com a devisão silábica e a classificação das acentuações num "dicionário de aprendizagem"1) onde me parece não estar perfeitamente defenido, gramaticalmente falando, o que é "artigo"2), "entrada lexical"3), "acepção"4), "definição"5), "equivalente"6), "remissão"7)

  • 1) - Dicionário destinado ao ensino do vocabulário da língua geral ou das línguas especializadas, apresentando uma forte componente didáctica baseada sobretudo em descrições, exemplos, exercícios de língua e imagens de apoio à compreensão.
  • 2) - Conjunto da informação lexicográfica atribuída a uma entrada lexical, com intuito de fazer a sua descrição linguística, de lhe atribuir uma definição, assim como de apresentar alguns dados enciclopédicos a seu respeito.
  • 3) - Unidade lexical entrando na composição da macro-estrutura de um dicionário, à qual é atribuída um conjunto de informações lexicográficas tais como : categoria gramatical, etimologia, definição, exemplos, sinónimos, etc.
  • 4) - Elemento correspondente à componente significado de que uma unidade lexical é portadora. É monossémica quando contém um único significado (uma só acepção) e polissémica quando contém mais de que um significado (várias acepções).
  • 5) - Análise semântica de uma entrada lexical através de um pequeno texto descritivo, constituído por um conjunto de paráfrases sinonímicas da entrada, cada uma correspondendo a uma acepção da unidade lexical.
  • 6) - Palavra dotada de um significado próximo ou semelhante ao de uma palavra de outra língua, estabelecendo assim uma relação de equivalência entre noções de sistemas linguísticos diferentes.
  • 7) - Informação lexicográfica presente a nível da entrada lexical, que reenvia o leitor para uma nova entrada relacionada com a anterior.

Resumo: Se é gramática, não interessa a este dicionário onde duas gramáticas se "degladiam".
Pinto 21:58, 27 Novembro 2006 (UTC)

Categoria e dinâmicaEditar

Oi Valdir,
Voz da Verdade 16:03, 28 Novembro 2006 (UTC)
Regressar à página do utilizador "ValJor/2006/11".