Discussão:ibero

Discussões ativas

Será de mudar para minúscula inicial e singular?Editar

Existem verbetes de grego, romano, português, brasileiro, guarani, árabe, ... – todos no singular e com minúscula inicial.
Porquê este destaque aos iberos? Será de mudar? Grato. – Cadum 21:15, 2 Setembro 2006 (UTC)

Não é de mudar. Está muito bem como está. Ver qualquer gramática para a grafia dos nomes próprios o comentário precedente não foi assinado por João Capador (discussão • contrib.)


  1. O amigo não assina a participação na discussão por alguma razão especial?
  2. O amigo não prova, não discute. Dá uma opinião, esquecendo que isto é um dicionário e não uma gramática.
  3. O amigo não toma em consideração a existência dos verbetes que enumerei e de outros mais que haverá por aí, nem sugere nada em relação a eles. Quererá mudá-los todos: Gregos, Romanos, Portugueses, Brasileiros, Guaranis, Árabes – é isso que defende?
  4. O amigo não confirma (ou não verificou?) a existência de ibero em: Priberam, Porto Editora (onde também existe Iberos, é verdade) e no Prontuário da ABL.
  5. O amigo não quererá, suponho, gastar cera com ruins defuntos...

Paciência, que hei-de fazer? Só me resta ter paciência. – Cadum 23:06, 2 Setembro 2006 (UTC)

Gentileza notóriaEditar

Ah, reparei agora que o amigo anónimo afinal é o João Capador e que, embora tivesse sido apenas o segundo a participar nesta discussão já a deu por encerrada e – cheio da sua razão – criou os verbetes Celtas e Celtiberos. (Não havia, certamente, mais nenhuma tarefa no Wikcionário...)
A gentileza é, está visto, um dos seus atributos mais notórios. – Cadum 23:15, 2 Setembro 2006 (UTC)

IberosEditar

Cadum. Normalmente, os povos antigos são referidos no plural. ex.: gregos, romanos, egípcios, gauleses... ...--201.29.58.135 19:49, 14 Outubro 2006 (UTC)--alm 19:50, 14 Outubro 2006 (UTC)

Caro Antoniolac, tudo bem?
Isto aqui é um dicionário e nos dicionários as entradas são, geralmente, feitas no singular. Mas podemos alterar essa regra – desde que o façamos para todos os casos: Portugueses em vez de português, Brasileiros em vez de brasileiro, Gregos em vez de grego, etc.
Consegui explicar o meu ponto de vista? Não deve haver tratamento desigual para o que é igual. Penso que nem os Iberos, nem os Celtas são assim tão mais importantes que o português ou o brasileiro...
Saudações.– Cadum 21:46, 14 Outubro 2006 (UTC)

Cadum, eu entendi o seu ponto de vista, mas verá que outras obras de consulta usam no plural o nome de povos antigos, e procede pelo fato de nós não podermos falar com um celta, um ibérico. Só ocorre com em referência à antiguidade.--201.29.58.135 22:35, 14 Outubro 2006 (UTC)--201.29.58.135 22:36, 14 Outubro 2006 (UTC)--alm 22:37, 14 Outubro 2006 (UTC)

Antoniolac, e então os Gregos e os Romanos, os Anglos, os Germanos – todos estão no Wikcionário no singular – serão todos modernos? E claro que podemos referir o rei celta ou dizer aquele celta era tramado! Ou o rei ibero e o ibero é rei.
Veja, aliás, o que existe no Priberam ou no Porto Editora (ambos on-line) – entradas no singular, com minúscula inicial e depois, nas definições, remetem para o plural (em alguns casos).
Um abraço! – Cadum 22:48, 14 Outubro 2006 (UTC)
Concordo com o Cadum. Não é que não possamos nos referir a qualquer povo no plural (aliás quando nos referimos ao povo usamos o plural mesmo: os portugueses sao líricos, os alemães fizeram a guerra, os romanos lutavam bravamente. Mas isso não muda a regra, a convençao, de que aqui as entradas serão no singular, á exceção dos casos especiais: palavras que não tem singular (Ex.: núpcias), palavras estrangeiras cujo plural não pode ser deduzido com facilidade, palavras cujo significado principal, no plural, seja diferente do significado no singular(Ex.: cinza e cinzas). EusBarbosa 21:14, 16 Outubro 2006 (UTC)
Se usa no plural pois não é só uma português que é lírico, nem foi um único alemão que fez a guerra, muito menos só um romano lutava bravamente. O que pode haver com essas palavras é o que ocorre com cinza e cinzas, no singular tem umsugnificado e no plural outro, mas isso não acho que seja o caso dessas palavras... — Łυαη fala! 22:46, 16 Outubro 2006 (UTC)

Provavelmente ibero não existeEditar

o comentário precedente não foi assinado por Diabo e Santo (discussão • contrib.)

É Diabo! Nesse seu dicionário parece não exisitir mesmo. Já no Aurélio existe e com letra minúscula e no singular. E quando você clica em "iberos", aparece a mesma tela de "ibero". Se a questão está aberta a voto, o meu voto é para movermos o conteúdo de Iberos para ibero. E poderíamos aproveitar e fazer o mesmo com Celtas e Celtiberos também...

Valdir Jorge fala!   01:27, 17 Outubro 2006 (UTC)

Além dos precedentes que indiquei atrás:
  • no Priberam não existe a entrada Iberos, apenas ibero;
  • no Porto Editora existe a entrada Iberos e a entrada ibero, onde consta isto: indivíduo pertencente aos Iberos;
  • o Prontuário da ABL apenas tem ibero.
Portanto, o meu voto também iria para ibero, celta e celtibero. – Cadum 09:08, 17 Outubro 2006 (UTC)

O Valdir, propôs Iberos para ER, ao invés de apagar, não seria melhor redirecionar?
Łυαη fala! 02:13, 13 Dezembro 2006 (UTC)

Regressar à página "ibero".