Composição de bandeiras de países e regiões que falam português PortuguêsEditar

PronomeEditar

tu.do, pronome substantivo indefinido

  1. todos os obje(c)tos
    • Que bagunça! Onde estão minhas coisas? Está tudo fora de lugar aqui!
  2. todas as coisas
    • Falhei em tudo. / Como não fiz propósito nenhum, talvez tudo fosse nada. /// Álvaro de Campos (Fernando Pessoa) in Tabacaria
  3. a totalidade
    • Para fazer esta longa viagem ser tranquila até o retorno, planejamos tudo antes de partir. Foi uma ótima decisão!

Antônimo/AntónimoEditar

TraduçãoEditar

PronúnciaEditar

BrasilEditar

Paulistana e CaipiraEditar

  • AFI: /ˈtu.du/
  • SAMPA: /"tu.du/

PortugalEditar

ContinentalEditar

PronúnciaEditar

PortugalEditar

  • AFI: /ˈtu.ðu̯/ ou /ˈtu.du/ (O primeiro exemplo para as pronúncias de Lisboa e Porto)
  • SAMPA: /"tu.ðu̯/ ou /"tu.du/ (O primeiro exemplo para as pronúncias de Lisboa e Porto)

Açores e MadeiraEditar

  • AFI: /ˈtʉdʲ/ ou /ˈtʊdʲ/ (na Madeira usa-se mais o segundo exemplo)
  • SAMPA: /"tʉdʲ/ ou /"tʊdʲ/ (na Madeira usa-se mais o segundo exemplo)

CuriosidadesEditar

Em Portugal alguns adolescentes, em especial do sexo feminino, palatalizam suavemente o "d" e o "t" (não tão intensamente como no Brasil), suprimindo também o som "u" do "o" final e criando uma terceira pronúncia alternativa - * AFI: /ˈtud͡zʲ/ ou * SAMPA: /"tud͡zʲ/