Wikipedia:Babel:
Línguas do utilizador
pt-N Este utilizador tem como língua materna o português.
en-3 This user has advanced knowledge of English.
Procurar utilizadores por língua


Lucien quem? (versão resumida)Editar

Meu "nom-de-plume" é Lucien Raven.

Tenho quase 40 anos... e mais de 20 anos na área de informática. Nasci em São Paulo. Moro atualmente no Rio de Janeiro.

Ainda trabalho na área de informática e tenho dado meus primeiros passos em tradução de documentação de software-livre. É um trabalho voluntário onde pretendo aprimorar meu conhecimento e desenvoltura no inglês para um dia, quem sabe, partir para traduções literárias. Tenho a intenção de tornar a tradução uma atividade de tempo integral.


A semântica do nome (versão longa)Editar

Lucien Raven é um 'nom de plume', também conhecido como 'pseudônimo', inspirado em elementos literários que eu admiro. O mais óbvio é Edgar Alan Poe, autor do poema "O corvo".

Se você tem interesse no poema de Poe, 'O corvo', a Wikipedia é um bom ponto de partida. Não se esqueça de ver os links em 'POEma', no Geek Caffe. Lucien é o nome do bibliotecário na biblioteca dO Sonhar, um lugar reinado por Sonho, dos Eternos, também conhecido como Sandman ou Morfeus. Todos esses nomes e lugares são parte da mitologia criada por Neil Gaiman para a revista Sandman. Lucien também é conhecido, nessa estória, como sendo o primeiro corvo dO Sonhar. Aprenda mais sobre ele na Enciclopédia Nationmaster. Na verdade, Lucien era "um bibliotecário muito assustador e esquisito criado em 1975 pelo escritor Paul Levitz (...) e pelo artista Joe Orlando" disse Hy Bender no livro "The Sandman Companion" (1999, Vertigo/DC Comics). Neil Gaiman complementa afirmando que a revista na qual Lucien surgiu chamava-se "Contos do Castelo Fantasma (Tales of Ghost Castle)". Essa revista durou apenas três edições. Neil Gaiman pegou emprestado a personagem e deu vida a ela. Outra fonte de inspiração foi "o livro Lilith de George MacDonald, que descreve um homem alto em uma sobrecasaca e que se transforma em um corvo e que é na verdade Adão, o primeiro homem. Isso (...) definitivamente me mostrou como era Lucien, que está sempre vestido em sobrecasaca e (...) começou como o primeiro corvo.', disse Gaiman.

E por que escolher o pássaro corvo como um símbolo? Além de tudo o que já disse sobre o Lucien de "Sandman", e o fato dele ter sido o primeiro corvo, existem muitos aspectos sobre os corvos que achei bastante interessantes quando pesquisava para a criação do pseudônimo. Entre eles, os corvos são muito inteligentes, monogâmicos e comem de tudo. Mas não falo isso para me gabar, ou coisa assim. Isso funciona mais como uma inspiração. Você pode aprender mais sobre essa ave maravilhosa na Wikipedia. A propósito, você sabia que um bando de corvos é, as vezes, chamado coletivamente de uma conspiração ou um desamor? O site "Sombras da noite" (Shades of the night, em inglês) tem uma lista enorme que ensina a como dizer corvo, gralha ou pega ao redor do mundo.

Como diz a personagem Caim no conto "O parlamento das gralhas" (Sandman -- Fábulas e Reflexões/Convergência, edição 40): "É um mistério do qual derivamos o coletivo para essas aves. Como uma chacina de gralhas, uma novidade de pegas, um desamor de corvos... um parlamento de gralhas."

E o que são o livro e a xícara de café? São referências a duas coisas muito relacionadas à cultura geek. Todo mundo que vive no computador sabe do poder do café. O livro está aí porque gosto de ler muito! O símbolo desenhado na capa do livro pode ser melhor explicado no texto de Eric Raymond, [Jargon File], em inglês. O símbolo é conhecido como O planador (The Glider), e normalmente é associado à Cultura Hacker. Se você imagina um e-terrorista quando vê a palavra 'hacker', então está na hora de aprender mais sobre o assunto!

Bom, e qual é a de usar um pseudônimo? Algumas pessoas utilizam-no como uma forma de disfarce, para se manter anônimo e intocável. Essa não é a minha intenção. Para mim é apenas uma forma de tentar manter separadas minhas vidas pessoal, profissional e pública na Internet. Estou tentando começar uma nova carreira, envolvendo-me na tradução de documentação de projetos de código-aberto. Alguns de meus trabalhos podem ser vistos em outras partes deste site.

Se ainda assim você precisa saber, eu estou na casa dos 40 anos. Minha esposa e filhos são a coisa mais importante em minha vida. Eu adoro música e livros. Estou na área de informática há muito tempo. Trabalho com computadores o dia todo, e ainda chego em casa, sento-me à frente do meu notebook e faço as coisas que você pode ver neste site (inclusive ele). Então, como você pode notar, eu realmente não "trabalho". Eu me divirto!

Se quiser saber mais sobre o uso de pseudônimos ou sobre pessoas famosas que usaram, tente a Wikipedia.


Mea culpaEditar

Desculpem-me os links externos que apontam para o meu sítio ainda em construção.


ContatoEditar

Eu posso ser contatado por e-mail. Envie uma mensagem para lucienraven.at.yahoo.com.br . Não se esqueça de substituir o '.at.' por '@' (sem as aspas). Mande qualquer pergunta, sugestão ou reclamação que desejar. A resposta, se solicitada, poderá levar algum tempo mas irá ser enviada.