Diferenças entre edições de "anonadar"

526 bytes adicionados ,  04h08min de 16 de julho de 2009
sem resumo de edição
=Português=
{{-etimologia-}}
# [[Categoria:Vocábulo com etimologia (Português)]]''[[a-]] + [[nonada#Português|nonada]] + [[-ar]]''
# Segundo [[w:Antenor_Nascentes|Antenor Nascentes]], do espanhol platino ''[[anonadar#Espanhol|anonadar]]''
:*Datação: '''[http://books.google.com.br/books?id=amosAAAAMAAJ 1890]'''[[Categoria:Século XIX (Português)]]
'''a.no.na.dar''' ''transitivo direto''
# {{escopo|Brasil}}[[Categoria:Brasil]] [[reduzir]] [[a]] [[nada]], [[aniquilar]], [[extinguir]]
:: <font color="#004408">''(...) Representa a segregação solitária e definitiva de quem não admite nem a perda irreparável ocorrida, e muito menos a nova condição que é a sua decorrência. Diante delas, o cativo prefere '''anonadar-se''', deixando-se morrer''.</font>
::: VOGEL, Arno; MELLO, Marco Antônio da Silva; [[w:José_Flávio_Pessoa_de_Barros|PESSOA DE BARROS, José Flávio]]. [http://books.google.com.br/books?id=uNUSqRSyH4sC '''Galinha d'angola'''.] Pallas Editora, 2001.
===Conjugação===
{{conj.pt.ar|anonad}}
=Espanhol=
{{-etimologia-}}
: [[Categoria:Vocábulo com etimologia (Espanhol)]]De ''[[nonada#Espanhol|nonada]]''.
:*Datação: '''[http://books.google.com.br/books?id=L4-10yXoH0sC 1651]'''[[Categoria:Século XVII (Espanhol)]]
==[[Ficheiro:Open_book_01.svg|22px]] Verbo[[Categoria:Verbo (Espanhol)]]==
11 398

edições