pôr: diferenças entre revisões

1 206 bytes adicionados ,  1 de maio de 2009
sem resumo de edição
Sem resumo de edição
# ''(transitivo direto)'' fazer com que [[algo]] se [[estabelecer|estabeleça]] num [[lugar]]
# ''(intransitivo)'' [[botar]] [[ovo]]s
<br>
{{tradini|[[Image:LuisdeCamoes4.jpg|10px]] [[camonismo|Camonismo]] [[Image:Os Lusíadas.jpg|10px]]
[[Categoria:Camonismo (Português)]]}}
*** '''13 ocorrências n'Os Lusíadas'''
* As mesas manda '''pôr''' em continente; - Os Lusíadas I-49-5
* Por lhe '''pôr''' em sossego o peito irado, - Os Lusíadas II-43-5
* «Podem-se '''pôr''' em longo esquecimento - Os Lusíadas IV-6-1
* A '''pôr''' a vida e reino totalmente - Os Lusíadas VI-4-7
* Não devida, o quis '''pôr''' no extremo fio.» - Os Lusíadas VI-69-4
* Grinaldas nas cabeças '''pôr''' de rosas. - Os Lusíadas VI-86-8
* Grinaldas manda '''pôr''' de várias cores - Os Lusíadas VI-87-1
* Se pode nele '''pôr''' a aguda vista; - Os Lusíadas VIII-50-4
* Viera '''pôr''' perpétua inimicícia - Os Lusíadas VIII-65-5
* Viemos '''pôr''' a última coluna. - Os Lusíadas VIII-73-4
* Que o mande '''pôr''' nas naus, e não lhe val; - Os Lusíadas VIII-82-2
* Lhe andar armando, que '''pôr''' em ventura - Os Lusíadas VIII-90-7
* Faria tremular e '''pôr''' espanto - Os Lusíadas X-50-3
{{tradfim}}
 
===Conjugação===
{{conj.pt.or|p|ô}}
879

edições