Diferenças entre edições de "há"

2 686 bytes adicionados ,  19h57min de 26 de dezembro de 2008
sem resumo de edição
m (Bot: Adicionando: en, fr, vi, zh)
==Substantivo==
# [[nome]] [[de]] [[letras]] [[do]] [[alfabeto]] [[árabe]]
 
 
 
{{tradini|[[Image:LuisdeCamoes4.jpg|10px]] [[camonismo|Camonismo]] [[Image:Os Lusíadas.jpg|10px]]
[[Categoria:Camonismo (Português)]]}}
*** '''x ocorrências n'Os Lusíadas'''
*** rimas n'Os Lusíadas:
* Como '''há''' já tanto tempo que ordenaste, - Os Lusíadas I-38-6
* Que nenhum deles '''há''' que lhe ensinasse - Os Lusíadas II-70-5
* «Que geração tão dura '''há''' i de gente, - Os Lusíadas II-81-1
* Que ver tanto desejo '''há''' tantos dias. - Os Lusíadas II-88-4
* Que quem '''há''' que por fama não conhece - Os Lusíadas II-111-3
* Mais razão '''há''' que queira eterna glória - Os Lusíadas II-113-7
* Que em tanta antiguidade não '''há''' certeza – - Os Lusíadas III-29-2
* Que em toda a parte '''há''' esforço e resistência. - Os Lusíadas III-79-8
* Não '''há''' peito tão alto e tão potente - Os Lusíadas III-109-5
* Não '''há''' certeza doutra, mas suspeita. - Os Lusíadas V-4-8
* Que eu tanto tempo '''há''' já que guardo e tenho, - Os Lusíadas V-41-7
* No qual Rei outros três '''há''' juntamente; - Os Lusíadas V-68-4
* Não '''há''' também Virgílios nem Homeros; - Os Lusíadas V-98-2
* Que tanto tempo '''há''' já que vai buscando. - Os Lusíadas VI-5-4
* Em tais damas não '''há''' pera ser damas; - Os Lusíadas VI-44-8
* Não '''há''' na companhia diferença - Os Lusíadas VI-53-5
* '''Há''' muito já de andar terras estranhas, - Os Lusíadas VI-54-2
* Que dias '''há''' que em vê-la se recreia, - Os Lusíadas VI-90-3
* Dous modos '''há''' de gente, porque a nobre - Os Lusíadas VII-37-5
* Olhai que '''há''' tanto tempo que, cantando - Os Lusíadas VII-79-1
* «Outros também '''há''' grandes e abastados, - Os Lusíadas VIII-41-1
* «Não nego que '''há''', contudo, descendentes - Os Lusíadas VIII-42-1
* «Sabe que '''há''' muitos anos que os antigos - Os Lusíadas VIII-70-1
* Erros grandes que '''há''' dias nele estão, - Os Lusíadas IX-25-6
* (Que não '''há''' nenhum deles que não saia), - Os Lusíadas IX-66-3
* Tal dos mancebos '''há''' que se arremessa, - Os Lusíadas IX-73-5
* De se despir, '''há''' medo que inda tarde) - Os Lusíadas IX-73-7
* E se me esperas, não '''há''' mais que espere.» - Os Lusíadas IX-81-8
* '''Há''' pouco que passar até o Outono; - Os Lusíadas X-9-2
*
{{tradfim}}
 
===Tradução===
1 666

edições