Diferenças entre edições de "donde"

2 505 bytes adicionados ,  10h55min de 19 de agosto de 2008
sem resumo de edição
m (Bot: Adicionando: fi:donde, pl:donde, ru:donde)
#do [[qual]], do que:
#*''[[pinheiro|Pinheiro]] [[ser|é]] uma [[árvore]] '''donde''' se [[extrair|extrai]] [[resina]].''
 
 
==Contracção==
##do [[lugar]] de que:
##*''Mas poucos sabem qual é o rio da minha aldeia / E para onde ele vai / E '''donde''' ele vem.'' – [[w:Alberto Caeiro|Alberto Caeiro]], ''O Tejo é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia''
 
 
{{tradini|[[Image:LuisdeCamoes4.jpg|10px]] [[camonismo|Camonismo]] [[Image:Os Lusíadas.jpg|10px]]
[[Categoria:Camonismo (Português)]]}}
*** '''30 ocorrências n'Os Lusíadas'''
* Pela Arábica língua, '''donde''' vinham, - Os Lusíadas I-50-2
* '''Donde''' o piloto falso a leva e guia. - Os Lusíadas I-100-8
* Já chegam perto '''donde''' o vento teso - Os Lusíadas II-21-5
* Lá quási junto '''donde''' o Sol, ardendo, - Os Lusíadas II-63-3
* Os casos grandes, '''donde''' em tanto aperto - Os Lusíadas II-67-7
* «Da parte '''donde''' o dia vem nascendo, - Os Lusíadas III-7-1
* '''Donde''' diante vários mundos via, - Os Lusíadas IV-69-3
* E lá bem junto '''donde''' nace o dia, - Os Lusíadas IV-69-3
* '''Donde''' Deus foi em carne ao mundo dado. - Os Lusíadas IV-87-4
* '''Donde''' a rica Sofala o ouro manda. - Os Lusíadas V-73-7
* Mas que, lá '''donde''' sai o Sol, se abalam - Os Lusíadas V-77-5
* '''Donde''' Hércules ao mar abriu o caminho. - Os Lusíadas VI-1-8
* Lá '''donde''' as ondas saem furibundas - Os Lusíadas VI-8-3
* «Lá na leal cidade '''donde''' teve - Os Lusíadas VI-52-1
* No grão dilúvio '''donde''' sós viveram - Os Lusíadas VI-78-7
* As fontes saem '''donde''' vêm manando - Os Lusíadas VII-18-5
* E junto '''donde''' nasce o largo braço - Os Lusíadas VII-19-5
* Ao moço e descendentes, '''donde''' vem - Os Lusíadas VII-36-7
* Até bem '''donde''' o Sol não muda o estilo - Os Lusíadas VII-61-6
* Saber da gente estranha '''donde''' vinha, - Os Lusíadas VII-66-7
* Este que vês, é Luso, '''donde''' a Fama - Os Lusíadas VIII-2-7
* «Vê-lo cá, '''donde''' Sancho desbarata - Os Lusíadas VIII-20-1
* Sem nenhum tronco ilustre '''donde''' venham: - Os Lusíadas VIII-41-2
* O Mahomético ódio, '''donde''' vinha - Os Lusíadas VIII-64-3
* '''Donde''' a terra se acaba e o mar começa. - Os Lusíadas VIII-78-4
* Penhor bastante, '''donde''' recebesse - Os Lusíadas VIII-95-2
* Vê que do lago '''donde''' se derrama - Os Lusíadas X-93-7
* «Olha lá as alagoas '''donde''' o Nilo - Os Lusíadas X-95-1
* '''Donde''' vêm os cavalos pera a guerra, - Os Lusíadas X-100-3
* De longe à China, '''donde''' vem buscar-se, - Os Lusíadas X-131-6
{{tradfim}}
 
===Ver também===
1 542

edições