morte: diferenças entre revisões

848 bytes adicionados ,  19 de setembro de 2007
sem resumo de edição
Sem resumo de edição
Sem resumo de edição
 
{{tradini|[[Image:LuisdeCamoes4.jpg|10px]] [[camonismo|Camonismo]] [[Image:Os Lusíadas.jpg|10px]]}}
*** '''x49 ocorrências n'Os Lusíadas'''
*** rimas n'Os Lusíadas: [[consorte]]; [[corte]]; [[forte]]; [[mavorte]]; [[sorte]]
* Se vão da lei da '''Morte''' libertando, - Os Lusíadas I-2-6
* E outros em quem poder não teve a '''morte'''. - Os Lusíadas I-14-8
* Senão o de seus passados, até '''morte'''. - Os Lusíadas VII-38-4
* Qual Cánace, que à morte se condena, - Os Lusíadas VII-79-7
* No mar também aos Mouros dando a morte, - Os Lusíadas VIII-16-6
*
* Dele em Germânia, com que a '''morte''' engane; - Os Lusíadas VIII-37-4
* Dizei-mo sem temor de infâmia ou '''morte''', - Os Lusíadas VIII-63-6
* Vão da '''morte''' as exéquias celebrando, - Os Lusíadas IX-24-2
* A Faetonteia '''morte''' chorou tanto. - Os Lusíadas IX-43-8
* Em vida e '''morte''', de honra e alegria. - Os Lusíadas IX-84-8
* Até render-se a ele ou logo à '''morte'''. - Os Lusíadas X-10-8
* Fará em Noronha a '''morte''' o usado ofício, - Os Lusíadas X-62-5
* Onde Gonçalo '''morte''' e vitupério - Os Lusíadas X-93-3
* Condenaram-no a '''morte''' brevemente. - Os Lusíadas X-114-4
* Que pena e glória têm, despois de '''morte''', - Os Lusíadas X-127-7
{{tradfim}}
 
15 237

edições